Dermatologia Brasília - Dr Francisco Leite - Brasilia DF

Tratamento Menos Agressivo para o Melasma

Laser Q-Switched Nd-Yag de 1064nm

A grande dificuldade no tratamento do Melasma é sua tendência a recidivar, ou seja, voltar com rapidez. Chega ao Brasil um novo aparelho destinado, entre outras indicações, a tratar Melasma. Já foi aprovado pela ANVISA e pode ser útil nos casos resistentes de melasma , particularmente em peles mais sensíveis. Por ser mais suave, mas ainda eficiente, diminui as chances de que as manchas voltem a aparecer.

Vejamos Detalhes:

Laser Q-Switched Nd-Yag de 1064nm

Trata-se de um Laser Q-Switched Nd-Yag de 1064nm de baixa agressividade, ou seja, não causa dores nem desconfortos pós-procedimento.

Após A sessão, a pessoa pode retomar sua rotina imediatamente.

Indicações

Cicatriz de Acne, Rugas Leves, Manchas, Melasma, Remoção de Tatuagem.

Porque ele é tão recomendado para o tratamento do Melasma?

Porque possui uma tecnologia chamada Laser Toning, é especialmente desenvolvida para a remoção gradual do melasma. é um procedimento que fornece resultados consistentes para o tratamento de melasma, uma remoção eficiente de tatuagens, lesões pigmentadas e um resurfacing que suaviza cicatrizes de acne, linhas finas e rugas.

O equipamento é altamente específico, ataca diretamente os dendritos dos melanócitos, que produzem melanina em exagero no melasma, reduzindo o tamanho das células do pigmento. Alia ação profunda à baixa agressividade.

A baixa agressividade está ligada a rapidez dos pulsos do laser. Outros equipamentos não possuem a mesma potência, pois têm pulsos mais longos. Os pulsos curtos e rápidos do laser Q-Switched NdYag produzem menos efeitos térmicos, minimizando o processo inflamatório, mas com maior fragmentação da melanina, o que evita a recorrência do melasma depois do tratamento.

Em poucas palavras: Causa menos danos a pele e as células produtoras de pigmento. Por esta ação ser mais suave, acaba removendo o pigmento sem irritar a pele de forma mais definitiva. Isto acaba diminuindo o risco dos efeitos adversos como retorno pior da lesão ou manchas na pele. Também reduz em muito a necessidade de associação com cosméticos ou outros produtos. O protetor solar continua indispensável.

Quantas sessões é preciso para o tratamento de Melasma?

Uma sessão por semana ao longo de 10 semanas, podendo variar conforme a localização da pigmentação na face e a resposta individual de cada pele. Em torno da 5° sessão, em geral, o paciente já nota o maior clareamento da mancha.

Quanto tempo dura cada sessão do tratamento de Melasma?

As sessões são rápidas, em média 5 minutos e indolores. O paciente sente apenas um leve formigamento na região onde o laser está sendo aplicado.

Qual o tempo de recuperação?

Neste tratamento para Melasma, não há tempo de recuperação. O paciente fica apenas com uma leve vermelhidão que desaparece em 1 a 2 horas após a aplicação. O paciente pode retomar normalmente suas atividades. Todos os cuidados indicados pelo dermatologista, principalmente os relacionados a proteção contra a exposição excessiva ao sol, devem ser seguidos `a risca.

É um tratamento seguro?

É um tratamento muito suave na pele o que reduz drasticamente os riscos de efeitos adversos, sendo considerado um tratamento seguro, desde que os cuidados recomendados pelo especialista sejam observados.

Recomendação Final

Apesar de seguro e eficiente, este tratamento requer avaliação caso a caso, execução e acompanhamento por médico especialista em dermatologia treinado nesta técnica. Os riscos e benefícios devem ser bem pesados, especialmente em doenças crônicas e recidivantes como o melasma.

Saiba mais Sobre a nossa Clínica de Dermatologia DF